Crítica: 007 contra Spectre

Após o grande sucesso de Skyfall, Sam Mendes teve a difícil tarefa de repetir a dose em mais um longa da franquia James Bond, com um padrão de referência alto, que ele mesmo definiu, as expectativas por Spectre eram grandes. Apesar de não superar o filme anterior, Spectre não decepciona com uma trama repleta de referências a saga e um clima bem mais leve e humorado do que o visto em Cassino Royale e Quantum of Solace que apesar de causar certa divergência com estes filmes e deixar o tom do filme um pouco confuso não estraga a experiência final.

007 SpectreNa trama, após a morte de M (Judi Dench) e a destruição de Skyfall, James Bond (Daniel Craig) vai à Cidade do México em uma caçada pessoal com a tarefa de eliminar Marco Sciarra (Alessandro Cremona), sem que seu chefe, o novo M (Ralph Fiennes), tenha conhecimento. Isto faz com que Bond seja suspenso temporariamente de suas atividades e que Q (Ben Whishaw) instale em seu sangue um localizador, que permite que o governo britânico saiba sempre em que parte do planeta ele está. Apesar disto, Bond conta com a ajuda de seus colegas na organização para que possa prosseguir em sua investigação pessoal sobre a misteriosa organização chamada Spectre.

Daniel Craig mais uma vez vive James Bond e apesar de ainda está bem no papel, com a intensidade que marca sua geração na franquia, Craig não apresenta mais o mesmo conforto visto nos filmes anteriores, provavelmente por causa do tom diferente deste filme. Por outro lado, ainda se destaca nas cenas dramáticas provenientes do lado mais trágico de seu personagem.

Léa Seydoux, que vive a Bond Girl Dra. Madeleine Swann, consegue levar muito bem seu papel e ter uma química excelente com Craig em cena. Monica Bellucci nada contribui para a trama em sua curta participação no longa que não soube aproveitar seu potencial.

Christoph Waltz não se entrega totalmente ao seu vilão, apesar de não decepcionar, Waltz já apresentou atuações melhores em personagens bem parecidos com Franz Oberhauser, que inicialmente é apresentado como uma figura extremamente temida, mas ao encarar Bond não passa toda essa intensidade.

O destaque do filme fica na equipe de Bond que nesse filme ganhou mais destaque do que em Skyfall, contribuindo mais ativamente com o agente, M (Ralph Fiennes), Moneypenny (Naomie Harris), Q (Ben Whishaw) e Tanner (Rory Kinnear) ajudam o protagonista no campo em determinados momentos do filme além de viverem uma subtrama onde M tenta salvar a Seção 00 de ser desativada pelo seu novo superior, C (Andrew Scott).

A referências aos filmes antigos da franquia Bond são claras, além das mulheres, carros e Dry Martinis, dessa vez as invenções tecnológicas e os carros aprimorados ganham mais espaço do que em Skyfall, assim como nos filmes antigos da franquia. Além de referências a saga o longa amarra os três filmes anteriores da era Craig ligando os vilões a corporação Spectre deixando tudo com uma certa aparência de final de saga, uma proposta ousada e nunca vista em filmes da franquia antes, que costumava apresentar histórias isoladas.

As cenas de ação, como de costume na franquia, impressionam e se mostram visualmente marcantes, porém, os confrontos entre Bond e alguns dos vilões poderiam apresentar um pouco mais de intensidade no clímax dos duelos devido à importância dada aos vilões em questão. O destaque fica para a sequência de abertura que apresenta uma perseguição em meio ao desfile do Dia dos Mortos, no México, finalizando com uma batalha intensa dentro de um helicóptero.

Apesar de apresentar alguns problemas no decorrer do longa, 007 Contra Spectre entrega as cenas de ação esperadas em um filme de James Bond, é divertido e pode muito bem servir como um desfecho para a atual era da franquia.

Diretor(s): Sam Mendes

Roteiro: John Logan, Neal Purvis, Robert Wade e Jez Butterworth

Estreia: 5 de novembro de 2015

Duração: 2hr. 30min.

3/5 (Bom)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s