Spotlight, Mad Max e O Regresso são os grandes vencedores da 88ª edição do Oscar

Spotlight

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou no domingo, dia 28 de fevereiro, os vencedores da 88ª edição do Oscar. Spotlight – Segredos Revelados levou o principal prêmio da noite, mas Mad Max – Estrada da Fúria foi o grande vencedor e levou 6 de suas 10 indicações, todas para categorias técnicas incluindo melhor figurino, melhor design de produção, melhor cabelo e maquiagem, melhor montagem, melhor edição de som e melhor mixagem de som.

Continuar lendo

Anúncios

Quem serão os vencedores do Oscar 2016 – Categorias Principais

Oscar 2016

Neste domingo (28), Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anuncia os vencedores Oscar 2016 em cerimônia que acontece no Dolby Theater, em Los Angeles, Estados Unidos. Este ano a premiação será apresentada pelo comediante Chris Rock.

Continuar lendo

Veja os vencedores do Annie Awards, o Oscar da animação

annies-2016-trophies-asifa

O Annie Award, prêmio conhecido como o “Oscar das animações”, revelou os vencedores da sua 43ª edição. O Annie Award é um prêmio para animação divulgado criado e produzido pela divisão de Los Angeles, Califórnia da International Animated Film Association, ASIFA-Hollywood (Associação Internacional de Filmes de Animação) desde 1972.

Continuar lendo

Confira os indicados ao Oscar 2016

The 85th Academy Awards® will air live on Oscar® Sunday, February 24, 2013.

Conheça os indicados da 88º edição da principal premiação do cinema, o Oscar. Entregue anualmente desde 1929 pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, fundada em Los Angeles, Califórnia, em 11 de maio de 1927.

O Regresso, de Alejandro G. Iñárritu, lidera a lista com 12 indicações e Mad Max – Estrada da Fúria ficou em segundo, com 10. Já o Brasil foi representado pela animação O Menino e o Mundo, de Alê Abreu.

Filmes como Carol, Divertida Mente, A Garota Dinamarquesa e Joy – O Nome do Sucesso ficaram de fora da disputa de melhor filme. Veja todos os indicados:

Continuar lendo

Crítica: Divertida Mente

Após passar por uma fase difícil a Pixar voltou a acertar a fórmula de seus filmes, Divertida Mente tem tudo que um verdadeiro clássico Pixar tem, nós faz rir, chorar e refletir sobre a vida. Fruto de uma ideia arriscada de Pete Docter o longa traz a premissa de emoções com emoções que apesar de parecer confuso só pode ser descrito como genial.

64x64_IONa trama acompanhamos a vida de uma garota de 11 anos, Riley, e suas emoções, Alegria, Tristeza, Medo, Raiva e Nojinho. Com uma vida cheia de lembranças felizes, Riley se vê em uma situação difícil quando tem que se mudar da cidade que cresceu, Minnesota, para São Francisco quando seu pai consegue um novo emprego e consequentemente mudar tudo na sua vida, a partir daí podemos ver a reação da garota a essa mudança através de suas emoções em uma aventura no interior de sua mente.

Foi observando sua filha Elie, aos 11 anos, mudando de personalidade com a chegada da adolescência que o diretor Pete Docter teve a ideia para o filme. Além de Divertida Mente Docter dirigiu Monstros S.A. e Up; ajudou a criar as histórias de Toy Story, Toy Story 2 e Wall-E; fez storyboards para Vida de Inseto; emprestou a voz para personagens secundários de Os Incríveis e Wall-E; e produziu Valente e Universidade Monstros.

Continuar lendo