Crítica: Dunkirk

Christopher Nolan já é famoso pelos seus filmes grandiosos, com efeitos práticos e roteiro intrigante, e Dunkirk não foge à regra. Apesar do roteiro deste não ser dos mais impressionantes do diretor, o filme é eficiente em construir, dinâmica e visualmente falando, toda a tensão da guerra.

187074A trama conta a história da Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados durante uma feroz batalha no início da Segunda Guerra Mundial.

A história é contada em três diferentes linhas temporais que convergem para um encontro no final, e é esse o grande chamariz do roteiro. Apesar de explorar pouco os personagens de forma individual, o longa funciona construindo um ambiente de tensão daqueles soldados que querem escapar a qualquer custo de uma morte certa.

Continuar lendo

Anúncios

George Miller não irá dirigir a sequência de Mad Max: Estrada da Fúria

mad-max-fury-road-image-tom-hardy-charlize-theron2b2

George Miller disse em entrevista ao New York Post que não vai retornar para a direção da sequência de Mad Max: Estrada da Fúria.

“Não farei mais filmes da franquia Mad Max. ‘Estrada da Fúria’ demorou muito tempo para ser finalizado. Terminar um filme desses em um ano é uma baita sorte. Começamos a produção e paramos diversas vezes. Eu rodei na Austrália, e o deserto virou uma floresta durante um período de chuva intensa. Tivemos que esperar 18 meses, e cada voo de volta para casa 27 horas. Produções como Mad Max demoram demais. Não estarei envolvido nos próximos filmes”, disse Miller.

“Este filme [Estrada da Fúria] recebeu sinal verde três vezes ao longo de uma década, mas teve uma produção complicada. Nós íamos filmar com Mel Gibson em 2001, mas, em seguida, aconteceu o 11 de Setembro e o dólar desvalorizou, e nós perdemos todo o orçamento que tínhamos para filmar na Austrália. Depois, fomos filmar no deserto e a chuva o transformou em um rio pela primeira vez em 15 anos, e acabamos no Sudoeste Africano, na Namíbia.”, afirmou.

Continuar lendo